Escolha uma Página

Saber brincar com as cores nos cabelos é o sonho de muitos profissionais. Isso é possível quando se domina a arte da colorimetria capilar, ciência que estuda as modificações das cores, por meio de procedimentos químicos. Para se chegar a cor desejada é preciso entender alguns conceitos como fundo de clareamento e altura de tom.

Muitas mulheres chegam nos salões pedindo o loiro dos sonhos ou o ruivo perfeito. Se você não entende de colorimetria, dificilmente vai poder atingir um resultado satisfatório. Porém, quando se compreende a importância de cada conceito e como ele impacta no procedimento de coloração dos fios, então as chances de obter um bom resultado são maiores. 

Neste texto, vamos explicar o que significa fundo de clareamento, altura de tom e como manipular as cores nos fios com base nesses conceitos.

O que é fundo de clareamento e altura de tom na colorimetria?

O fundo de clareamento é a cor que irá se revelar quando você descolorir o cabelo. A cor muda de pessoa para pessoa, uma vez que isso depende do componente genético, da quantidade de melaninas, do tipo de cabelo, entre outros aspectos. 

O fundo de clareamento é responsável pela altura de tom (cor natural dos fios) que o cabelo vai apresentar quando se sujeitar a uma coloração ou descoloração. 

Para que entender melhor, é mais ou menos assim: quem tem o cabelo muito escuro, pode ter o fundo acobreado, alaranjado ou amarelado. Esses tons sofrem influência da cor do cabelo. 

Entender sobre fundo de clareamento é importante, porque só assim você saberá qual a cor adequada para aplicar no cabelo da cliente, gerando o resultado esperado por ela. Veja na tabela para compreender do que estamos falando.

fundo de clareamento

Como usar o fundo de clareamento para mudar a cor do cabelo?

Antes de tudo é preciso conversar com a cliente que deseja mudar a cor do cabelo. Em seguida, analise o fundo de clareamento dos fios e veja se será necessário fazer uma decapagem, ou seja, remover pigmentos artificiais antes de aplicar a tinta.

É importante saber que quando a pessoa tem o cabelo escuro e deseja um tom mais claro nas madeixas, então será preciso fazer a descoloração. Porém, se o tom desejado for mais escuro, indica-se aplicar a coloração, sem precisar descolorir. 

Dica: algumas colorações conseguem clarear cerca de dois a quatro tons, vai depender do oxidante e da base dos fios. Já o pó descolorante pode clarear até 8 tons!

Exemplo na prática

A cor desejada é um loiro claro? Como chegar até ela? Supondo que a altura de tom é o 8 (verificar na tabela), então o fundo de clareamento deve ser amarelo e não pode ter resíduo laranja. 

Agora, se a cliente desejar platinar o cabelo, é preciso ter muito cuidado. O fundo de clareamento deve ser amarelo claro e nessa fase, os fios podem estar bem fragilizados. Em seguida, aplique o tonalizante para que fique platinado. 

Dica: faça teste de mecha antes de começar todo o processo. Os fios muito fragilizados não aguentam a química e o resultado pode ser desastroso. Ainda que a cliente insista, é fundamental mostrar se o processo pode ou não ser feito. 

Quais produtos usar para fazer o procedimento?

Um dos produtos utilizados nesse processo é o pó descolorante. A sua ação oxidante retira o pigmento dos fios, deixando-os bem claros. Com isso, as escamas dos fios ficam expostas, tornando-os ressecados, quebradiços e sem brilho. 

Os sais orgânicos do produto também podem agredir o couro cabelo, por isso, é aconselhável fazer a descoloração no cabelo sujo, para que a oleosidade proteja o couro cabeludo.Entendo a necessidade de utilizar um bom produto, indicamos o Pó Descolorante White, que contém D pantenol e óleo de coco, aditivos que protegem e nutrem os fios durante esse processo.

Dicas dos embaixadores Eco Belle

Gostou do conteúdo? Tem mais coisas incríveis no nosso Instagram.

WhatsApp Nosso WhatsApp